segunda-feira, 6 de julho de 2009

PROJETO LUDICIDADE -PRÉ ESCOLA

Nome do Professor: Rosani Cicilia Krauspenhar
Instituição de Ensino/Local do Estágio: Escola estadual de Educação Básica Tito Ferrari
Estado: Rio Grande do Sul Município: São Pedro do Sul
Nível/Ano/Turma de estágio e faixa etária dos alunos: Pré-Escola/ Nível B/ idade cinco a seis anos
Apresentação do Planejamento
(Projeto de Docência a ser desenvolvido na turma e estágio):

1-Tema: Ludicidade

2-Titulo: “Aprender Brincando”

3- Turma: Pré-escola Nível B

4- Duração: 1º trimestre

5- Justificativa:
Sendo as dinâmicas, as brincadeiras,as cantigas e os jogos são um direito e atividade física e mental da infância onde as crianças criam, fantasiam e interagem com a realidade de maneira espontânea e criativa, cabe ao educador ser mediador, desafiador e orientador proporcionar essas atividades, criar espaços, disponibilizar materiais, participando das brincadeiras e mediando da construção do conhecimento na totalidade.
Pois,
“é preciso ter coragem para ousar. É preciso coragem para enfrentar as ambigüidades que o jogo nos oferece e estimular sua utilização de acordo com os objetivos pretendidos e ainda estar preparado para intervir de acordo com a incerteza da resposta infantil”. (KISHIMOTO,1999, p.140)

Ao propiciar o envolvimento com atividades lúdicas no ambiente escolar os aproxima do ambiente familiar tornando assim menos agressiva a separação da família. Podendo experimentar formas de adaptação no período de inserção, no ambiente escolar, fazendo desta uma extensão da sua casa e começar então, a construir sua visão de mundo e de convivência em sociedade. Sendo:
“A esperança de uma criança, ao caminhar para a escola é encontrar um amigo, um guia, um animador, um líder - alguém muito consciente e que se preocupe com ela e que a faça pensar, tomar consciência de si de do mundo e que seja capaz de dar-lhe as mãos para construir com ela uma nova história e uma sociedade melhor". (ALMEIDA, 1987, p.195)

Ao vivenciar o lúdico a criança está desenvolvendo o lado físico, afetivo, intelectual e social, pois, através das atividades lúdicas, ela forma conceitos, relaciona idéias, estabelece relações lógicas, desenvolve a expressão oral e corporal, reforça habilidades sociais, reduz a agressividade, integra-se na sociedade e constrói seu próprio conhecimento. Dessa forma, “viver o lúdico na sala de aula significa abrir espaço para o prazer, considerando a educação com a vida presente, sendo esta a melhor forma para se preparar para o futuro.” (WARSCHAU ER, 1993, P.32) Por isso, justifica-se o presente projeto.

6-Objetivo geral:
Propiciar uma adaptação através de jogos no desenvolvimento da aprendizagem infantil.

7-Objetivos específicos:
Organizar autonomamente alguns jogos, brincadeiras ou outras atividades corporais simples;
Desenvolver a socialização, a criatividade, a oralidade, raciocínio;
Participar efetivamente das atividades de grupo;
Conhecer regras e normas;
Proporcionar o desenvolvimento da coordenação motora ampla e fina.

8- Conteúdos propostos a serem trabalhados:
-Normas de convivência; ambiente escolar, na comunidade;
-vocabulário, relato de fatos vividos em seqüência lógica, relação da oralidade e visualidade com a escrita;
- cores, noção de grandeza, posição, capacidade, tempo, classificação, quantidade, textura, direção;
-reconhecimento de sua identidade e do próprio corpo, conhecimento dos animais e suas características, dos vegetais, diferenças e semelhanças do ambiente, necessidade de preservação da natureza;
-desenho - pintura, modelagem, recorte, colagem, dobradura, sucata, trabalhos de motricidade fina, dramatização.

9- Metodologia:
Observar como se organizam no grupo e individualmente e como reagem as regras;
Diálogo sobre os jogos que gostam;
Pesquisar jogos que seus pais mais gostavam;
Solicitar aos pais para que elaborem jogos para brincar;
Criar jogos e brinquedos com material de sucata;
Utilizar o computador como meio de aprendizagem;
Desenhos representativos;
Pintura e colagem;
Montar um cantinho com jogos, histórias, brinquedos.
Relacionar os jogos com os conteúdos programáticos selecionados.

10- Avaliação: Com base na observação, da participação e pareceres descritivos dos envolvidos no processo.

Referências:
ALMEIDA, M.T.P. Jogos divertidos e brinquedos criativos. Petrópolis: Vozes, 2004.
KISHIMOTO, Tizuko Morchida. Jogos infantis: o jogo, a criança e a educação. Petrópolis, RJ: Vozes, 1993.

WARSCHAUER, Cecília. A roda e o registro. São Paulo: Paz e Terra, 1993.

REIS-TOZONI, M.F.C. Metodologia da Pesquisa. Curitiba: IESDE Brasil S.A, 2005.

Um comentário:

  1. Adorei esse projeto, estou trabalhando com uma turma de pré-escola e estou tendo dificuldades, com adaptação e com limites, eles não querem fazer as atividades e não estou conseguindo ter domínio com a turma !!!Se vc puder me ajudar e me dar algumas sugestões ficarei grata!!!
    Kelly Vivian florianópolis/sc

    ResponderExcluir